Análise de gráfico


#1

Achei a resolução meio aleatória, eu não pensaria dessa forma. Como pode a cada unidade de penicilina que diminui o tempo de validade aumentar? É ilógico! É como quanto maior a capacidade antibiótica, menos tempo de validade se tem.


#2

Oi, Isa, como está?

Acho que seu problema nessa questão foi a interpretação

Não é a validade em si, mas sim a quantidade que existe e sua atividade.
A atividade será maior nos primeiros dias e irá sofrer decaimento com o passar do tempo.

Sendo assim, se você quiser uma quantidade menor de penicilina, você poderá esperar mais tempo para usar, mas se quiser uma quantidade maior, você precisará usar logo pois com o passar do tempo irá perdendo efeito.

Vamos pensar em radiação: você terá mais radiação logo após uma explosão nuclear ou após 20 anos?
Esse processo da penicilina é similar ao decaimento radioativo.
Isso vale para vacinas, por exemplo, e outros medicamentos.
Por isso que, muitas vezes, há a possibilidade de usar remédios que passaram do prazo de validade (já conversei isso com uns amigos que fizeram farmácia e uma amiga que fez medicina, estávamos almoçando uma vez e o assunto foi esse), porém o remédio terá um efeito menor.
Então, vamos pensar, caso você queira um efeito menor, você poderá ter esse remédio por mais tempo com você

Pelo amor de Deus,não aplique isso no seu cotidiano, esses meus amigos e a minha amiga sabem exatamente quais remédios podem ou não ser usados, pois outros podem formas isômeros com efeitos terríveis.

Enfim, não sei se fez sentido, acho que você errou na interpretação.

Uma dica que eu te daria é tentar se afastar um pouco das questão ou olhar ela com outro olhos e um pouco mais de calma (isso serve para a questão de espelhos tb). Às vezes o entendimento demora mesmo, isso acontece comigo sempre, por isso eu espero e volto na questão depois de algum tempo.

Enfim, espero que tenha te ajudado ao menos um pouquinho (mas sei que será difícil, raramente te ajudo em algo eu sinto hahahahaha)


#3

É que eu to corrida de não ter muito tempo e vim estudar muitas matérias, então não tenho tanto tempo para entender com calma, voltar na questão e etc. Mas bem, entendi :confused: tenho certa dificuldade de passar a questão para a vida real e se tratando de meia vida nunca tive experiência nem nada parecido com o que você teve então ficaria difícil fazer essa correlação. Veja, acho complicado alguém que não entenda esse conceito conseguir resolver essa questão com simplicidade. Não é muito simples pensar dessa forma que você me relatou sem ter esse conhecimento antes! Mas muito obrigada, de verdade!


#4

eu sei que é corrido, só estou falando que às vezes você pode olhar no outro dia com a mente mais descansada.
Eu entendo seu ponto de vista, eu pensei em meia-vida porque como é algo que cai muito nos vests poderia ficar mais fácil
mas vamos pensar em um pão de forma

Se você quer comer o pão de forma sem nenhum bolor, é ideal que você coma logo depois da fabricação, certo? Depois disso, o pão começaria a sua degradação. Sendo assim, quando restar 10% de pão e o resto todo tenha sido decomposto, por exemplo, terão se passado vários dias após a fabricação.
Mesma coisa se pensarmos em gás em um refrigerante que você abriu e etc. É o comportamento natural das substâncias.

Não sei acabou ajudando e peço desculpas se meus exemplos não ajudam muito, mas tento te ajudar com o que sei e fazendo assimilações com o cotidiano, sinto muito se acaba não ficando simples. Vou tentar melhorar


#5

Não, imagina. Eu que tenho que pensar melhor, de uma maneira mais contextualizada. Você explica bem!


#6

mas eu te entendo! às vezes meu professores usavam exemplos que não faziam sentido para mim hahaha

mas assim, por um lado, o bom é que vc acertou a questão
e outra coisa, acertou e ainda questionou sobre isso. Isso já mostra um pensamento crítico que irá te ajudar nas provas!