Como elaborar uma boa redação na fuvest?


#1

como andei fazendo muitas redações do ENEM, estou um pouco perdido em relação as da USP, e vou fazer a FUVEST no final do mês, passando para segunda fase gostaria de saber.Afinal, do que eles gostam? como elaborar uma redação boa na FUVEST??


Preparação pra redação Fuvest
Redação e formulações
Temas subjetivos
#2


#3

Oi, Pedro, tudo bem?

Não sou professora de redação, mas (in)felizmente nasci em uma cidade que tem uma USP e, por conta disso, quase todo mundo tem como primeira opção aqui. Então, tentarei te ajudar com tudo que me repassaram. Todos os meus professores de redação já corrigiram FUVEST, o que acaba nos ajudando, pois temos noção de como funciona todo o processo. Vou tentar falar o máximo possível para não deixar nada de lado então ficará bem grande haha.

Você disse que fez redações para o ENEM, o que já é ótimo, pois você treinou a escrita. Você provavelmente já deve saber como fazer bem um projeto de texto também. Outro ponto positivo. Agora vou tentar focar nos pontos mais específicos da banca da USP.

Primeiramente, você precisa entender o que ela quer. Nem sempre é uma tarefa fácil. Os textos da coletânea, não raro, são curtos e de difícil entendimento. Por isso, foque em ler bem a coletânea. Às vezes ela pode ser apenas uma imagem, um poema, um trecho de algum sociólogo. Você precisa relacionar os textos da coletânea e entender o porquê de cada um estar ali. Apesar de essa parte ser mais complicada, ela tem suas vantagens: você tem uma autonomia maior sobre o recorte a seguir (comparando com Enem, por exemplo).

Um exemplo bom foi o tema “Um Mundo Por Imagens”. Dentre as redações escolhidas pela banca, você raramente via algum caminho comum entre os alunos. O que é bem diferente do Enem que vemos redações cada vez mais parecidas.

Acho isso positivo, porque o aluno pode pensar no caminho que ele tem mais repertório. Porém, nem sempre os temas são assim, falo em uma análise geral.

Quanto ao texto: farei alguns comentários que é algo bem recorrente por aqui.

Se você for usar algum livro que a USP adotou como leitura obrigatória, saiba bem, porque os corretores sabem e se você se equivocar pode ser prejudicial ao seu texto.

A banca pede para evitar redações usando apenas o senso comum. Mesmo que você sustente bem uma argumentação, você deverá trazer outros elementos para o texto: um argumento histórico, uma prova concreta, autoridade… (não necessariamente todos). Analogias, metonímias, neologismos (desde que bem feitos) e etc, fazem seu texto ter certo destaque. Se você for bom nisso, vale a pena treinar.

Use um repertório que faça sentido pra você e para o texto. Que se encaixe com o que você está defendendo. Não use algo porque está na moda ou uma frase jogada. Tem uma redação que uma menina usou um filme do Will Smith. Então, se você gosta de mitologia, use mitologia. Quadros, música, esculturas. É melhor do que usar Bauman só por usar, principalmente na Fuvest.

Apesar de pedir repertório, textos muito expositivos não são bem vistos (acho que em nenhum vestibular). Se for algo extremamente conhecido, você tem uma maior liberdade de apenas citar. O filme “Tempos Modernos”, por exemplo. Tem uma redação em que o menino faz uma analogia com o filme sem ficar explicando. A redação chama “Da necessidade do sábio uso de uma dádiva.”. Esse texto, se não me engano, tirou 40. Uma das maiores notas que eu vi foi 47 de um calouro desse ano. Uma boa redação na Fuvest não significa um 50 (nota vai de 0-50)

Sua conclusão não pode apresentar nenhuma idéia não exposta previamente. Você não precisa solucionar, apenas retome o que foi dito. Nas redações que vou colocar aqui, você percebe isso bem.

Seu título entra na correção. Em alguns casos ela pode até pedir que você coloque. Muitos alunos usam para já expor, por exemplo, a estratégia que vão seguir. Vou deixar alguns títulos separados e você encontra as redações através do Google.

Sua redação será avaliada em 3 quesitos, cada um receberá notas de 1-5, depois multiplicadas, respectivamente, por 4, 3 e 3.
Os quesitos são:

  • Desenvolvimento do tema e organização do texto dissertativo-argumentativo
  • Coerência dos argumentos e articulação das partes do texto
  • Correção gramatical e adequação vocabular

Vale lembrar: você tem um espaço maior (34 linhas) e um tempo bem maior para fazer o texto do que no Enem, então use isso a seu favor.

Um conselho que eu daria: tenha, no mínimo, um bom projeto de texto. Você precisa lembrar que já ocorreu uma seleção, você está na segunda fase e o nível é outro. Então, só ter um projeto de texto bem aplicado não garante muitaaa nota. A coordenadora da banca bate muito nesse aspecto: texto muito engessado é apenas um texto correto. Dependendo do curso que você presta, um texto correto é ótimo. Para outros, você precisa mais do que isso. Então, minha dica seria você olhar os temas passados e olhar as redações selecionadas pela banca (acho que eles disponibilizaram até 2011). São redações mais criativas e menos clichês.

Vou deixar o título de algumas redações que, independente do curso ou cursinho que fiz, usávamos para entender um pouco melhor o que a Fuvest pede:

  • Sobre equívocos, Narcisos e Imediatismos.
  • Maquiável, Bauman e Machado.
  • Retrato Simulado.
  • Narcisos do Século XXI
  • Individualismo Predominante
  • Da necessidade do sábio uso de uma dádiva.

Espero ter ajudado e qualquer dúvida pode me mandar mensagem!

(obs: tentei reduzir ao máximo a resposta, por isso as mil edições. Desculpa pelo texto imenso, mas são coisas que, se estivesse no seu lugar perguntando, gostaria de saber)

editei novamente em 2019 para atualizar as notas que vi.


#4

muito obrigado mesmo, falou tudo kkkkk ajudou demais, agr sei oq devo fazer…


#5

de nada! qualquer coisa berra!
Espero que vá bem na primeira fase :smiley:


#6

Oi, @Pedro_Cortez! Tudo bem?

A @ lhe deu uma resposta bem completa sobre a avaliação da prova e o ponto de vista de quem está se preparando para ela. Vou complementar só retomando os critérios que são cobrados na avaliação da redação. Eles não estão distribuídos da mesma forma que no manual do candidato, mas servem para orientar uma boa escrita da redação:

  • Critério I - Desenvolvimento do tema: compreender plenamente a proposta, adequar-se ao tema e defender um ponto de vista, trazendo marcas de autoria e uma abordagem crítica.
  • Critério II - Organização do texto dissertativo-argumentativo: apresentar domínio da tipologia argumentativa, analisar, explicar e avaliar ideias relacionadas ao tema e enunciar uma tese que visa a convencer o leitor.
  • Critério III - Coerência dos argumentos e progressão temática: organizar de modo eficiente e adequado as partes do texto, elaborar parágrafos encadeados que garantam a progressão temática.
  • Critério IV - Correção gramatical e adequação vocabular: Apresentar domínio da variedade padrão da língua, com relação aos desvios gramaticais e de convenções da escrita (ortografia, morfologia, sintaxe, pontuação, seleção lexical) e utilizar recursos coesivos variados.

Qualquer dúvida sobre os critérios em específico, estou à disposição. :wink::raising_hand_woman:t2:


Sobre o vestibular FUVEST