Equilíbrio Químico - pressões parciais


#1

Para encontrar eu usei uma tabela, porém a professora inverteu a equação e fez a inversa. Não entendi o por que disso, eu simplesmente não posso fazer o jeito em que a reação está ??
A outra dúvida é que dará uma equação do segundo grau, ou seja serão duas raízes, como irei saber qual dos valores encontrados irei usar???


#2

Oi, Giii, você tem as respostas?
Se tiver, eu tento fazer amanhã para você! :slight_smile:


#3

a única coisa que tenho é que como o equilíbrio será inverso como ela disse, então a constante de equilíbrio ficará 1/180, ai nisso eu fiz a tabela para encontrar a quantidades de mols no equilíbrio do BR2 e do I2 e como não se sabe e o kc é as concentrações do produtos, sobre a dos reagentes, ficou x²/17,58 , que foi a quantidade do IBR2 no inicio. ai eu igualei x²/17,58 = 1/180. Eu encontrando o x, consigo achar as outras. Mas n entendi o por que de ser inverso e qual valores do x eu irei utilizar. Encontrei ele sendo mais ou menos 0,79. Não sei se está certo.


#4

Oi, Gi, vou te mostrar como eu fiz para achar a concentração do I2 e do Br2

Para achar a pressão parcial, acho que você precisa usar Clapeyron.
Confesso que bateu até um desespero em mim, porque isso pode cair na minha prova e eu não to lembrando.

Oh, mas eu acho que é isso:

Assim que der eu volto aqui!


#5

Ah sim, então era apenas fazer isso né?? Fiquei em dúvida por causa da inversão, muito obrigada! Estou até mais tranquila porque achei que não poderia fazer assim. O jeito que ela pediu ficou bem mais complicadinho e acabou me confundindo.Obrigada mais uma vez por esclarecer esta dúvida :smiley: :smiley: