Pronome oblíquo


#1

A posição do pronome oblíquo é facultativa em
(A) “Uma educação para o uso do telefone se faz cada dia mais necessária.”
(B) “Se fulano não me atende, ligo de um número que ele não conhece […].”
© “Quando ligo para alguém, imagino que vá me atender […].”
(D) “A partir daí, torno-me responsável por atendê-lo.”
RESP: letra C
qual a explicação para essa resposta?


#2

Oi, @Renata3.

“Quando ligo para alguém, imagino que vá me atender […]”

O pronome oblíquo é facultativo nos casos de ênclise (após o verbo) ou próclise (antes do verbo), contanto que sua posição não seja inicial.