Questão de Bioquímica sobre diabetes tipo 2

Risco de diabetes tipo 2 associado a gene dos Neanderthais

Uma variante do gene SLC16A11 aumenta o risco de diabetes entre os latino-americanos. As análises indicaram que a versão de maior risco dessa variante foi herdada dos Neanderthais. As pessoas que apresentam a variação SLC16A11 em um dos alelos, são 25% mais propensas a desenvolver o diabetes, já aquelas que herdaram de ambos os pais, essa probabilidade sobe para 50%.

Disponível em: <www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/12/131225_neandertal_ lk.shtml>. Acesso em: 26 mar. 2014. (Adaptado).

Em humanos, a doença que pode se desenvolver pela presença da variante do gene SLC16A11 tem como um dos sinais clínicos a produção de corpos cetônicos. Isso ocorre porque a glicose, mesmo presente no sangue, não é plenamente utilizada pelo organismo que interpreta essa situação metabólica como um estado de jejum. Assim, é ativada uma via metabólica capaz de ofertar mais açúcar no sangue por meio da
A.Gliconeogênese
B.Lipogênese
C. Glicogênese
D. Desnaturação proteica
E. Fosforilação Oxidativa
Obs.: Para mim a resposta correta seria no sentido de lise da molécula e não de formação de moléculas energéticas, logo a resposta deveria ser glicogenólise que não está nas alternativas. Por favor, alguém poderia me explicar?

1 Curtida