Renascimento e conhecimento


#1

Boa Tarde, gostaria de saber por que a alternativa A, está errada.
Dividimos a história em eras, com começo e fim bem definidos, e mesmo que a ordem seja imposta depois dos fatos - a gente vive para a frente mas compreende para trás, ninguém na época disse “Oba, começou a Renascença!” - é bom acreditar que os fatos têm coerência, e sentido, e lições. Mas podemos apreender a lição errada. (Luiz Fernando Veríssimo. “Banquete com os deuses”) Contextualizando historicamente o movimento da Renascença a que o texto se refere, é correto afirmar que o Renascimento
a) destacou-se por introduzir a observação da natureza e a experimentação como métodos básicos do conhecimento científico e na reconstrução das teorias aristotélicas modernas


#2

Oi, Thalita, tudo bem? :smiley:

fiquei confusa quando li e também achei que era correta, mas senti que talvez o erro fosse ali no Aristóteles (sei lá porque achei isso). Nisso fui pesquisar e achei isso:
“Entre os elementos distintivos da filosofia do renascimento cultural estão o renascimento da educação e civilização clássica e um retorno parcial à autoridade de Platão sobre Aristóteles (que dominou a filosofia medieval).”

Porém, eu procurei mais materiais e eles falam da influência do pensamento aristotélico sim. Eu realmente fiquei confusa. Isso tudo eu achei na internet, eu pensei em procurar em alguns livros meus ou vídeo aulas, porém como não sei que horas vou fazer isso, vim postar aqui para tentar ajudar e ver se mais pessoas aparecem para nos dar alguma luz também!


#3

Achei isso, para ajudar!

Nesse site no tópico de Aristotelismo acho q responderá suas dúvidas!


#4

Obrigada, Francisco!! :raising_hand_woman:t2:


#5

Então no renascimento voltou-se para os filósofos clássicos, como Aristóteles? Está errado em falar então teorias aristotélicas modernas?