-AA+A

Questão

a separação entre o Estado e a religião era total, pois não havia uma religião oficial;
os governantes dos nomos eram diretamente eleitos pelo povo, ainda que subordinados pelo faraó;
a monarquia, a fim de evitar o despotismo, não tinha caráter hereditário;
o faraó exercia o poder como Deus; assim, era mais uma teocracia que autocracia;
os poderes executivo e judiciário confundiam-se, sendo o faraó o juiz supremo, salvo nos casos que envolvessem crime político.
Você precisa de uma conta no Me Salva! para responder exercícios.

Comentários