-AA+A

Questão

As civilizações egípcias, suméria e babilônica tiveram um ponto em comum: desenvolveram-se nas proximidades de grandes rios, aproveitando o regime de suas águas que favorecia a fertilidade da terra e, conseqüentemente, a prática da agricultura.
O povo mesopotâmico vivia na região do Oriente Médio localizada entre os rios Tigre e Eufrates, que deságuam no Golfo Pérsico, e onde atualmente se situa o território do Iraque. O nome Mesopotâmia foi dado pelos gregos e significa "terra entre rios".
A religião exerceu marcante influência nas civilizações do Antigo Oriente, sendo a base do poder dos governantes e o elemento que marcou profundamente o progresso das Letras, Artes e Ciências.
Os fenícios se diferenciam dos demais povos da Antiguidade no campo religioso, pelo fato de adotarem o monoteísmo, a crença num Deus único, enquanto todos os demais povos eram politeístas.
Os mesopotâmicos enterravam os mortos em túmulos para que não perturbassem os vivos. Acreditavam que, no seu mundo subterrâneo, os mortos se alimentavam de pó para sempre. Para os egípcios, a morte era a separação do corpo e da alma. Enquanto o corpo fosse preservado, a alma viveria. Um dia, corpo e alma voltariam a se reunir.
Você precisa de uma conta no Me Salva! para responder exercícios.

Comentários