-AA+A

Questão

A principal liderança do movimento era o escritor Euclides da Cunha que, em visita ao arraial de Canudos, indignou-se com a precária situação de vida dos sertanejos e escreveu o livro Sertões, onde impelia os moradores do arraial a pegarem em armas.

O movimento, apesar das diversas expedições militares do exército brasileiro, foi vitorioso, estabelecendo em Canudos uma situação política única na região, já que os sertanejos deixaram de ser obrigados a pagar impostos e receberam uma série de investimentos para modernizar a localidade.

Fervorosamente católicos, os revoltosos não aceitavam a separação entre Igreja e Estado, estabelecida pela constituição de 1891 e pegaram em armas com o único objetivo de reestabelecer o padroado no Brasil.

Foi um movimento de resistência das classes populares sertanejas, onde se misturava miséria e fanatismo religioso, resultando na formação provisória do chamado Império de Belo Monte. A principal liderança dos insurgentes era Antônio Conselheiro, que conseguiu reunir em torno de si mais de 10 mil pessoas que, apesar de possuírem armamentos precários, chegaram a impor derrotas ao exército brasileiro.

Teve como principal liderança Lampião, que organizou os cangaceiros do nordeste para resistirem às cobranças de impostos do governo federal, consideradas abusivas.

Você precisa de uma conta no Me Salva! para responder exercícios.

Comentários