-AA+A

Questão

O diálogo com José, interlocutor, pode ser lido como uma forma de o sujeito-lírico refletir sobre o desamparo existencial.
O poema em versos curtos apresenta o caminho para superação dos impasses de José. 
As repetições indicam a monotonia da existência do trabalhador comum, José, em crise com sua condição operária. 
O sujeito-lírico, na ausência de respostas, não consegue decifrar para onde José marcha, embora este saiba seu caminho. 
A expressão "e agora, José?" põe em relevo a indignação do sujeito-lírico com seu interlocutor, incapaz de se definir.
Você precisa de uma conta no Me Salva! para responder exercícios.

Comentários