-AA+A

Questão

A "campanha nacional" a que se refere o autor tem por objetivo banir da língua portuguesa os verbos terminados em "ilizar".
O autor considera o emprego de verbos como "reinicializando" (L. 7) e "viabilizar" (L. 13) uma verdadeira "doença".
A maioria dos verbos terminados em "(i)lizar", presentes no texto, foi incorporada à língua por influência estrangeira.
O autor, no final do primeiro parágrafo, acaba usando involuntariamente os verbos que ele condena.
Os prefixos "des" e "in", que entram na formação do verbo "desincompatibilizar" (L. 14), têm sentido oposto, por isso o autor o considera um "palavrão".
Você precisa de uma conta no Me Salva! para responder exercícios.

Comentários