Termodinâmica

Exergia

Quando pensamos na geração de energia moderna, sabemos como é importante aproveitar ao máximo os recursos naturais utilizados (carvão, petróleo, radiação, etc), reduzindo o impacto ambiental destas atividades. Este é só um dos exemplos de sistemas que podem e devem ser otimizados para reduzir desperdícios. Nos módulos anteriores vimos que com conhecimento da Segunda Lei da Termodinâmica e da Entropia podemos avaliar a performance de sistemas termodinâmicos, e também identificar oportunidades para melhorar o seu desempenho. Neste módulo vamos conhecer outra técnica de análise de sistemas: a análise da exergia (também chamada de disponibilidade). Esta análise é uma maneira alternativa de avaliar sistemas, e através dela poderemos identificar quais pontos do sistema geram mais perdas, propondo melhorias para que eles sejam mais eficientes.

Objetivos:
1) Entender exergia: o máximo trabalho útil que pode ser extraído de um sistema em contato com uma vizinhança específica.
2) Definir destruição de exergia: o potencial para realizar trabalho que é destruído pelas irreversibilidades.
3) Definir o que é ''eficiência da segunda lei" (eficiência exergética).
4) Desenvolver as expressões para o balanço de exergia.
5) Aplicar o balanço de exergia para sistemas fechados e para volumes de controle.