Dos diferentes biomas presentes no Brasil o Cerrado

Alguém pode me ajudar nessa questão? Por que a resposta não pode ser a letra A??

Olá, tudo bem?
Em regiões de cerrado, a vegetação é mais dispersa. Por esse motivo, as árvores costumam estar mais expostas ao sol. Pense em um estômato como um poro que permite a passagem de água. Mesmo com o controle da árvore e com os mecanismos para evitar a evapotranspiração, o contato direto com a insolação promove o aumento da temperatura nas regiões próximas às folhas e, consequentemente, acelera a evaporação. Logo, as árvores desse bioma, graças à evolução, costumam apresentar os estômatos concentrados na face abaxial e em quantidades um pouco menores (não cobrem toda a folha). Acredito que afirmar o contrário disso é o que torna a afirmativa A falsa.
Bons estudos. :))
Att.

1 Curtida

Oi, Gabriel, como está? :blush:

sobre esse ponto, você poderia me ajudar? Esse ano postaram uma dúvida sobre isso

Nisso eu fiz algumas pesquisas (achei alguns artigos e etc) e encontrei isso:

Os estômatos têm um papel preponderante neste processo, ao regular simultaneamente o fluxo transpiratório para a atmosfera e o fluxo de CO2 para o interior da folha. A densidade estomática, o grau de abertura do poro estomático e a sua regulação são de extrema importância para a adaptação de espécies em regiões semi-áridas ou em ambientes sazonais, onde há uma estação seca claramente definida (Pearce et al. 2006). Estudos sobre os padrões de densidade de estômatos têm encontrado uma maior densidade estomática quando as folhas são expostas à alta irradiação solar ou a baixa disponibilidade hídrica, que estaria relacionado a um melhor controle da condutância estomática, propiciando um aumento na capacidade de regular as perdas de água por transpiração (Lleras 1974)

Eu ainda não entendi como invalidar a A
Eu fiz esse simulado, marquei B pois me parecia “melhor”.
Você tem algum material para me repassar?
Desculpa te perguntar, é que eu também fiquei confusa com a A

(caso você não saiba, eu vou ver se consigo falar com alguém do MS)

1 Curtida

Oi Camila, tudo bem?

Muito obrigada por compartilhar as suas pesquisas, eu li todas e fiquei mais certa ainda que a resposta seria a alternativa A, sobretudo quando li o trecho do último artigo que comenta sobre os tricomas também.
Eu mandei essa dúvida para o pessoal do Me Salva, estou aguardando resposta mas logo que obtiver eu mando aqui. Se você conseguir por favor me avisaaa hahah já estou ficando louca com essa questão.

Oi Gabriel, tudo e você?

Muito obrigada pela resposta, se você puder dar uma olhadinha no comentário da Camila iria ser de grande ajuda!!!
Bons estudos :slight_smile:

Oi, Priscila, tudo sim e você? Obrigada por perguntar! :blush:

Eu vou mandar hoje para eles, mas creio que eles vão demorar um pouquinho porque a plataforma está instável, nisso acho que o fluxo de mensagens deve ter aumentado muito.
Caso eu tenha uma resposta, eu posto aqui!

1 Curtida

campbell


Biologia de Campbell, pag 791 e 793.
Não fala especificamente do cerrado, mas, como o texto diz que “as plantas de deserto (xerofilas) são geneticamente programadas para ter densidades estomáticas mais baixas do que as plantas de pântano”, conclui que a densidade é menor em regiões com menor disponibilidade hídrica, como o próprio cerrado. Porém, o texto também fala que há espécies que possuem mais estômatos justamente pela maior incidência luminosa. Vou tentar perguntar para algum professor, já que, ao mesmo tempo que responde, o livro anula a resposta. :confused:

1 Curtida

Oiii, consegui informações com o professor que fez a questão!

Com relação a densidade estomática, aparentemente, é para ter mais nas plantas do cerrado mesmo. Contudo, o que invalidaria a alternativa A seria o a palavra “cobertas”, pois, como você colocou, os estômatos não estariam nas duas faces.

Na letra A, segundo ele também, não há nada que proteja diretamente contra o fogo. Já na B, temos a cutícula.

Não sei vocês, mas eu achei confusa e bem difícil, eu marquei a B com o pé atrás e calhou que eu acertei, mas porque fui mais por repetição, pois muitas questões sobre o cerrado falam sobre cascas grossas nos troncos, cutículas nas folhas e raízes profundas. Nisso vi cutícula e raízes profundas e achei mais coerente e marquei, sabe?

Enfim, podemos seguir conversando, mas acho que ficaríamos dando murro em ponta de faca, porque não considero boa uma questão que precisamos de artigos acadêmicos e do Campbell para respondermos e, mesmo assim, não há consenso. :sweat:

2 Curtidas

Olá,
que bom que conseguiu respostas com o professor, mas realmente achei essa questão bem confusa também. Acredito que teremos que levar em consideração outros pontos além da quantidade de estômatos para marcar esse tipo de questão.

Obrigada pela ajuda de vocês :slight_smile:

1 Curtida