Gramática e compreensão


#1

Alguém poderia me ajudar com as questões abaixo. O gabarito delas são 6 - A e 9 - B.


#2

questão 6 - Nessa questão, é necessário mostrar como um período se relaciona com o anterior. Assim, a primeira das relações de sentido envolve a forma como a segunda parte se liga à primeira. A primeira frase diz que não foi só o narcotráfico que causou o problema das drogas. A segunda frase, então, traz outra causa para esse problema: a sociedade. Assim, teríamos uma relação exatamente de causalidade. Para excluir as alternativas B, é possível ter em mente que uma relação de adversidade é mostra uma ideia oposta, e isso não acontece na frase, uma vez que a sociedade não exclui ou nega o narcotráfico, e sim adiciona um problema. A alternativa C, por sua vez, não está correta, pois a relação de conclusão acontece quando podemos chegar a uma informação a partir do que foi dito anteriormente. Pense que, nesse caso, nada do que foi dito no conteúdo da primeira frase faz com que o leitor chegue à questão social, de forma que não teríamos uma conclusão. Quando chegamos na segunda relação, podemos definitivamente excluir a alternativa D. Na última frase, o não se culpar não é a causa, mas a consequência do que tinha sido dito: porque existem aqueles problemas, o leitor não deve se culpar. Essa é uma relação de conclusão, de forma que depois de vermos todos os problemas, concluímos ‘não se culpe’. Essas ideias fazem com que a alternativa correta seja A.

Resposta dada pela professora Mari Goulart.


#3

Questão 9 -

Alternativa A- uma partícula apassivadora é um pronome que transforma a frase na voz passiva (vende-se livros, por exemplo). Para que o pronome ‘se’ funcione como apassivador, é preciso que ele venha acompanhado de um verbo conjugado na terceira pessoa (torna-se, por exemplo). Veja, entretanto, que o verbo usado na frase é no infinitivo ‘tornar’, o que faz com que a A não esteja correta. Com essa lógica, também excluímos a alternativa D, que menciona o 4 como passiva, apesar de esse verbo também estar no infinitivo, como vimos que não é o caso da passiva.

Alternativa C- a função da partícula expletiva é dar ênfase ao verbo. Isso não acontece tendo em vista que o ‘se’ se mostra uma auto ação do sonho se congela como ambição.

Alternativa B - o pronome oblíquo substitui um nome na frase. Nesse caso, ele substitui o objeto do verbo tornar: alguém se torna alguma coisa. Esse alguma coisa é preenchido pelo pronome ‘se’, sendo então pronome oblíquo. Essa então é a alternativa correta

Resposta também dada pela professora Mari Goulart.