Simbolismo - Help

QUESTÃO 6

(Enem 2014) Vida obscura

Ninguém sentiu o teu espasmo obscuro,
ó ser humilde entre os humildes seres,
embriagado, tonto de prazeres,
o mundo para ti foi negro e duro.

Atravessaste no silêncio escuro
a vida presa a trágicos deveres
e chegaste ao saber de altos saberes
tornando-te mais simples e mais puro.

Ninguém te viu o sentimento inquieto,
magoado, oculto e aterrador, secreto,
que o coração te apunhalou no mundo,

Mas eu que sempre te segui os passos
sei que cruz infernal prendeu-te os braços
e o teu suspiro como foi profundo!

SOUSA, C. Obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1961.
Com uma obra densa e expressiva no Simbolismo brasileiro, Cruz e Sousa transpôs para seu lirismo uma sensibilidade em conflito com a realidade vivenciada. No soneto, essa percepção traduz-se em: A partir da leitura do poema, podemos ver que se trata de uma voz de alguém

A - sofrimento tácito diante dos limites impostos pela discriminação.

B - tendência latente ao vício como resposta ao isolamento social.

C - extenuação condicionada a uma rotina de tarefas degradantes.

D - frustração amorosa canalizada para as atividades intelectuais.

E - vocação religiosa manifesta na aproximação com a fé cristã.
Resposta: A

Alguém poderia me responder o porquê de ser a letra A? Eu sei que os poemas de Cruz e Sousa tem muita influência da descriminação que viveu por ser negro… Mas esse poema não cita nada que de a entender algo sobre descriminação.

Pelo o que eu entendi, o poema estaria falando das dificuldades de alguém com uma rotina regrada e cheio de deveres, e que por isso acaba afogando suas mágoas na bebida e no prazer (como dito em “embriagado, tonto de prazeres, o mundo para ti foi negro e duro”) e acaba sendo julgado pela sociedade que não vê o que ele passa.

Isso também é dito melhor “Atravessaste no silêncio escuro/a vida presa a trágicos deveres/e chegaste ao saber de altos saberes/tornando-te mais simples e mais puro”, falando dos deveres dele e como que, ainda que ele tivesse problemas, se tornou mais “puro” por causa dos seus estudos, trabalho, “altos saberes” e etc (e essa mistura de vida boêmia e acadêmia é bem típica dos autores da Primeira Geração do Romantismo e do Simbolismo/Neo-Romantismo).
A resolução da questão foi feita por meio de eliminação de respostas então não explicou o motivo da A estar certa.